quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Curiosidade da vida Canina


Com certeza, todos nós já vimos, um dia, um cão cheirando o rabo do outro e, por incrível que pareça, esta é uma atitude mais do que normal no meio.

A região do ânus possui praticamente todas as informações que um cão precisa saber sobre o outro. É através das glândulas anais - produtoras de um líquido de odor forte e nada agradável - que estes animais fornecem informações como raça, sexo e, principalmente, “estado de espírito”. - Um tanto estranho, não?

“Funciona como se fosse uma espécie de carteira de identidade animal”, exemplifica a veterinária Karine Evangelho. A comunicação entre os cães é feita de dois modos: pela eliminação de aromas específicos na urina, fezes ou secreções e pelo cheiro de seu próprio corpo.

“Com o rabo entre as pernas”
Esta famosa expressão se dá ao fato de, quando um cão é muito submisso, tapa as glândulas anais completamente para que outros não possam sentir e indentificar tais odores, posicionando o rabo de tal maneira. O abanar do rabo também tem ligação a este processo e é realizado pelos indivíduos que possuem liderança em um grupo, já que este movimento faz com que os outros cães possam indentificar o aroma emitido pelas glândulas com mais facilidade.

Via: Dormiu

Um comentário:

liliane disse...

Ulala \õ/

Eu sei de uma piada que fala o pq disso! ;)

[Ps: essa eu entendi \õ/]

;**